Auditória Interna

Em cumprimento do Aviso n.º 02/2013 de 22 de Março do BNA, e face ao desenvolvimento do sistema financeiro angolano, designadamente no aumento da complexidade das operações, produtos e serviços financeiro oferecidos, considerando em simultâneo as directrizes mais recentes emitidas por organismos internacionais de referência, na tradução de práticas de supervisão internacional aceites, a existência de um sistema eficaz de controlo interno é uma componente fundamental da gestão bancária e é o suporte para se assegurar uma adequada organização administrativa e o controlo dos riscos operacionais e financeiros das instituições de crédito.

O controlo interno destina-se a assegurar que o Banco BIC alcance de forma adequada à sua dimensão e à complexidade da actividade, as suas metas de um modo seguro, prudente e controlável.